World Fabi Books











{março 17, 2011}   Pedidos de tia Suzi

Torne a mim, amor!

Uma vez eu escrevi um “Ode” do fim…

Com palavras de agonia, me despedi de nós.

Era um adeus ao meu demônio, antes querubim!

Lacrei meu coração…

Eu e minha solidão…

Mas, não era para terminar assim.

Meu anjo em luz retornou para mim!

Ah odiosa ilusão!

Seja bem vinda a elucidação!

Como crianças arteiras…

Meus olhos me pregaram uma peça.

Não havia felonia onde havia amor!

A história não era tragédia…

Os dramas shakespearianos não eram mais o meu clamor!

Agora digo… O ciúme era uma triste comédia.

Perdão minha paixão!

Olá minha ternura!

Venha comigo para mais essa romântica aventura!

Aventura de amor…

Com alegria retorno a ti o meu coração.

E de braços abertos recebo sua afeição!

A verdade é cruel…

Mas a ilusão também tem gosto de fel!

Tudo esclarecido está!

Chega de maldade!

Ah doce realidade…

Venha à mim…

Meu antigo e novo amor!



Tragédia Shakespeariana

Amei!

Amei e amei…

Amei tanto que meu coração já não suportava mais!

Ele me amou…

Amou?

Sim… Com certeza amou!

Romance… Sinônimo de eufenismo…

Deixamo-nos levar…

Vivemos um romance shakespeariano

Amor que nos foi viciando!

Viciei-me em você

E você viciou-se em mim!

Romeu e Julieta na sacada…

Eu e você sob o veneno e a facada!

Nos amavamos perdidamente.

Perdida era nossa paixão

E nos amavamos ingenuamente.

Causava inveja tanto amor.

Otelo e Desdêmona, uma paixão…

Eu e você com a tragédia da traição!

Algo grande e avassalador

Algo que arrebatava nossa alma

Que nos levava aos céus…

Algo que nos levou para as profundezas de um abismo

Que lacrou meu coração aos caprichos seus!

Hamlet e Ofélia em sua loucura…

Eu e você sob o amor em tortura!

Olhos brilhantes não mais…

Olhos vermelhos com lágrimas de sais…

Fim de um dia…

Fim de um sol que amava a lua…

Um crepusculo…

Uma manhã que entardecia…

Solidão em sua forma nua e crua!

Não conseguimos nos cuidar…

A escuridão veio para o nosso amor matar!

Veio a dor….

De Shakespeare…

Foi um trágico amor!


Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros

Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por @Cardisplicente

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Writing and Film Festival Review

Feature Screenplay, TV Screenplay, Short Screenplay, Novel, Stage Play, Short Story, Poem, Film, Festival and Contest Reviews

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

Enquanto houver oxigênio

Respire mais uma vez e tente outra vez

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

%d blogueiros gostam disto: