World Fabi Books











{julho 28, 2011}   Kanite World

1º Capítulo

Kanite World

Uma Era oculta pelo tempo… Jamais foi descoberta e o seu mistério nunca foi estudado e desvendado. Os poucos que sabem de sua existência não têm coragem de confessar. Estes temem que esta informação possa trazer ruína à fragrância desta Era, ou… Levar destruição à mente daqueles que não estão preparados a acreditar.

Mas eu… Eu não temo ruína alguma e muito menos a destruição! Afinal… Eu sobrevivi a elas uma vez e posso sobreviver de novo, porém… Vem de você julgar se está preparado ou se quer arriscar, a responsabilidade será apenas sua, já que, agora, eu sou apenas a mensageira.

Caso queira realmente saber sobre esta Era tão maravilhosa para uns e tão tempestuosa para outros… Preste atenção ao que vou revelar…

Como já disse… Não temo a ruína e nem a destruição porque… Já sobrevivi a elas… Afinal… Eu era uma Kanite Girl!!! (Kanite Girl!!!)

———————————————————————

 

Há muitos séculos atrás, existia uma Era, uma Era diferente de todas as que já vimos em livros de história ou que já tenham sido presenciadas por qualquer ser vivo…

Muitas criaturas, que seriam fictícios para nós, passaram por ela, ou melhor, nasceram e morreram nela. Youkais (demônios animais), vampiros, zumbis, druidas, feiticeiros, magos, bruxas, fadas, dragões, duendes, anjos, mutantes (humanos e animais com poderes ou com qualquer outra característica que não possa ser explicada pela ciência dos simples mortais), guerreiros, caçadores de todos os tipos (de recompensas até os de vampiros), encantadores, videntes, amazonas, diabretes, demônios, domadores, sereias, elfos, shamans, deuses, ladras, wiccas, guardiões e muitos outros que conseguiram mudar a história, com uma simples frase, uma frase muito proferida por quem viveu aquela Era: “Luto porque vivo, amo e sonho… Eu sonho, amo e vivo porque luto… Se não lutasse… Estaria desistindo de tudo isso, do amor, dos sonhos e da vida!” (“Luto porque vivo, amo e sonho… Eu sonho, amo e vivo porque luto… Se não lutasse… Estaria desistindo de tudo isso, do amor, dos sonhos e da vida!”).

Ela era uma Era Mágica, mas não só por causa de seus seres, mas por causa de sua essência! Esta a qual lhes falo é a Era de Kanite! (Kanite !)

Ela havia nascido através da união entre quatro grandes Deuses. Estes Deuses representavam os quatro elementos que sustentam a vida e grande parte do universo: água, fogo, terra e ar. Os deuses da água e do ar eram mais conhecidos como os Deuses Celestes, e os da terra e do fogo, como os Deuses Terrestres. Esta classificação veio, originalmente, de seus elementos, pois o ar e a água (em forma de vapor e chuva) podem alcançar os céus, já a terra e o fogo não conseguem, mas são imensamente poderosos em terra firme.

Com o passar dos tempos, os Deuses Celestes, Elgards (Elgards – Deus do Ar) e Medina (Medina – Deusa da Água) casaram-se. Logo após, os Deuses Terrestres, Golbery (Golbery – Deus da Terra) e Liandra (Liandra – Deusa do Fogo), também se uniram em matrimonio. E destes casamentos originaram-se seus filhos: os seres que habitavam Kanite World.

Medina e Liandra eram mais poderosas do que Elgards e Golbery, mas eram apaixonadas demais por seus maridos, portanto, eram facilmente manipuladas por eles. Como Golbery e Elgards sabiam disto, aproveitaram-se desta franqueza de suas esposas e as usaram para fazerem o que quisessem e satisfazer seus desejos. Estes dois Deuses tinham ambições nefastas e fariam com que apenas suas mulheres sujassem as mãos e o orgulho com a cobiça sinistra deles mesmos.

Mas, depois de alguns anos, praticamente trabalhando para seus conjugues, Liandra e Medina descobriram as verdadeiras intenções de seus maridos e os puniram, exilando-os de Kanite World.  Assim, elas decidiram controlar tudo sozinhas, mas logo viram que a responsabilidade era grande demais e começaram a se perguntar se haviam feito o certo ao expulsa-los. Dessa forma, as Deusas, mais uma vez, se mostraram vulneráveis e os dois Deuses se aproveitaram da ocasião e voltaram.

Controlando-as novamente, ludibriaram-nas e as fizeram com que lutassem até a morte para ver quem governaria Kanite World. Eles desejavam que ambas se matassem na luta para que assumissem o controle total daquele mundo. Porém, felizmente, nos tempos próximos da terrível batalha divina, As duas iludidas Deusas descobriram a verdadeira intenção daqueles ambiciosos Deuses. Contudo, elas haviam conseguido impedir suas próprias mortes, mas já era tarde demais para impedir outras, pois… Seus preciosos filhos estavam lutando entre si e mais nada poderia impedi-los.

Por causa de tanta desgraça, dor e sofrimento, decidiram se lacrar dentro de um templo, junto de seus ex-maridos, para que dessa forma, elas se vingassem e batalhassem contra eles sem envolver mais inocentes.

Antes de entrarem no templo, ambas as deusas lançaram sobre suas filhas, a consciência sobre suas franquezas em relação aos homens, fazendo com que pensassem três vezes antes de se apaixonar por um.

Mesmo se lacrando, a guerra continuou e envolveu a todos, sem exceções… Era uma guerra pela vida ou pela morte, aquele que perdesse deixaria de viver, amar e sonhar!

Enquanto Liandra e Medina batalhavam dentro do templo com Golbery e Elgards, seus filhos celestes batalhavam contra seus filhos terrestres, por um motivo que nem eles mesmos sabiam direito qual era.

Mas… Assim que os quadro grandes Deuses ficaram lacrados, surgiu uma lenda deixada pelas duas sofridas mães divinas. Esta lenda proferia poucas palavras para aqueles que haviam sido deixados no mundo exterior, batalhando: “Assim que a predestinada se revelar… A guerra acabará”. (“Assim que a predestinada se revelar… A guerra acabará”).

Com o tempo, muitos homens morreram, fazendo com que o número de mulheres aumentasse e como poucas conseguiam se apaixonar, não havia muitos casais para perpetuar a espécie. Dessa maneira, a maioria dos homens começou a ver a verdadeira importância e essência feminina, fazendo com que se apaixonassem verdadeiramente por elas, mas, infelizmente, elas haviam se transformado em seres extremamente difíceis para se apaixonar, amavam suas famílias e semelhantes, entretanto… Não amavam facilmente um homem.

Mas a predestinada mudaria esta consciência, ela mudaria tudo… Traria uma nova Era junto consigo…

(primeiro capítulo do livro: Kanite World / autoria: Fabiane Zambelli de Pontes)



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros 📖 💻 📝

devaneiosdalua.wordpress.com/

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por Blair Pttsn

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Writing and Film Festival Review

Feature Screenplay, TV Screenplay, Short Screenplay, Novel, Stage Play, Short Story, Poem, Film, Festival and Contest Reviews

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

• powersx3

' in your mind,i have all power #

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

%d blogueiros gostam disto: