World Fabi Books











{fevereiro 28, 2012}   Causos com a Nara (relembrando velhos tempos)

 (mais um post antigo! Ainda no momento nostálgico, estou revivendo alguns posts “arcaicos” de meus blog velhos e antiguados.)

Causos com a Nara

 

– Nara… Do que era feito o dadinho, mesmo? – divagava, tentando recordar o que havíamos acabado de ler em uma das embalagens do doce.

– Hm… acho que era… pro… pro… propano!

Uhuuuum… Claaarooo!!

Propano… Sei…

Huahauahuahauahau…

Depois dessa, acho que o dadinho dela, realmente, deveria ter uma dosesinha de propano!

.

.

.

– Nara… cuidado! – alertei, pois naquele dia ela estava “altinha”, após ter ingerido uma certa quantidade de álcool.

– Isso daqui é uma flor ou um pato? – perguntou levantando, de forma abobalhada, um origami de aspecto duvidoso e indefinido

– Nara? – ela simples e surpreendentemente havia sumido do meu campo de visão.

– Hahahahaha!! – ouvi a risada vir de algum lugar.

Procurei por breves segundo e quando olho para o chão, lá está ela, rindo sozinha da própria queda inesperada!

.

.

.

– Moça… Moça… Moça… – Nara, ainda “altinha”, saiu correndo na direção de uma garota, assustando-a.

– Ô moça! Onde fica o treco de comercio? – ela tentou continuar com o diálogo de via única com a pobre coitada.

– Caaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiooooooooooooooooooooooo… – a Nara desistiu da conversa infrutífera e saiu atrás de seu alvo. Ultrapassando o corredor inteiro de um dos prédios de comercio, obviamente, saltitando!

.

.

.

– Nara? Que foi? – perguntei quando a vi com um olhar sonhador.

– Aquele lugar parece tãooo feliz… né? – comentou, olhando para a propaganda de um hotel, impressa em um caminhão que passava por nós.

– Ãnh?

– Sério! Olha! Tem até golfinho! – apontou animadamente para a tal propaganda.
.

.

.

– Credo! Parece que ela tem peito no cabelo! – comentou após ver uma das fotos hilárias de nossas amigas Bia e Carol, na qual uma delas havia prendido parte do cabelo para dentro do casaco, permitindo que apenas um pedaço da ponta permanecesse do lado de fora, na altura dos seios.

– Quê? Peito no cabelo?

– É… Peito no cabelo… – insistiu.

Evidentemente, dei risada.

– Ah tá… Cabelo no peito! – se corrigiu, após perceber o erro. Bastou apenas uma risada minha! Hehehe…

.

.

.
– Ela falava: ISSO! – anotação para a empolgação de Nara na hora de falar “isso”.

– Falava o que?

– ISSO! – repete com a mesma empolgação.

Entenderam, algo? Huahuahua…

.

.

.

– Adoro quando o Globo Repórter fala sobre bichos! – comentou, aparentemente empolgada para assistir ao programa.

– Uhum! Eu também gosto bastante! – concordou nossa amiga Bia.

– É… São os que eu consigo assistir inteiros! – disse, contribuindo com a conversa noturna.

– Olha o bicho, que ninja! – a Bia comentou após alguns segundos, assim que vimos uma raposa branca mergulhar na neve e sair com a presa na boca.

– Verdade! Demais, né Nara? – concordo e tento puxar assunto com a quieta Nara.

– Nara? – a Bia também havia percebido a inatividade da colega, a qual, logo constatamos, já estava em seu 13º sono!

.

.

.

– Fabi, posso mexer na panela?

– Pode, Nara.

– Posso usar um pano pra segurar a panela? Tá quente…

– Pode. Só toma cuidado pra não queimar o pan…

– AAAAAAAH O PANO TÁ PEGANDO FOGO!

.

.

.

– Ai, Fabi… Desculpa, queimei o pano da sua mãe…

– Não tem problema…

– Mas prometo que não estrago mais nada, tá?

CRACK!!!

Enquanto ela brincava com o copo em suas mãos, acabou por derrubá-lo em cima da mesa, quebrando-o.

.

.

.

– Isso daqui ta parecendo filmagem de Bruxa de Blair! – comento, analisando a filmagem.

Tal comentário arrancou risadas de minhas e da Bia.

– Fabi! Não fala isso! – Nara olhou ao redor e depois sussurrou. – Eu tenho medo…  – quando segredou a confissão, ela se parecia com o garotinho do filme “Sexto Sentido”.

 

É… Isso é EXTREMAMENTE POUCO, comparado com todas as conversas que tivemos durante 4 anos juntas! (salvo falhas de memória…)

 

Nara (em um momento de pura diversão)



Carol says:

bons tempos…ahahahahahhahha era soh risadas! eramos fumadas sem fumar!hahahahaah e smpre embriagadas mesmo qndo num bebiamos!hehhe
saudades d tdas!!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

et cetera
Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por @Cardisplicente

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Festival

Weekly Film Festival in Toronto & Los Angeles. Weekly screenplay & story readings performed by professional actors.

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

Baú de Histórias

Em construção!

%d blogueiros gostam disto: