World Fabi Books











{fevereiro 28, 2012}   Causos com a Nara (relembrando velhos tempos)

 (mais um post antigo! Ainda no momento nostálgico, estou revivendo alguns posts “arcaicos” de meus blog velhos e antiguados.)

Causos com a Nara

 

– Nara… Do que era feito o dadinho, mesmo? – divagava, tentando recordar o que havíamos acabado de ler em uma das embalagens do doce.

– Hm… acho que era… pro… pro… propano!

Uhuuuum… Claaarooo!!

Propano… Sei…

Huahauahuahauahau…

Depois dessa, acho que o dadinho dela, realmente, deveria ter uma dosesinha de propano!

.

.

.

– Nara… cuidado! – alertei, pois naquele dia ela estava “altinha”, após ter ingerido uma certa quantidade de álcool.

– Isso daqui é uma flor ou um pato? – perguntou levantando, de forma abobalhada, um origami de aspecto duvidoso e indefinido

– Nara? – ela simples e surpreendentemente havia sumido do meu campo de visão.

– Hahahahaha!! – ouvi a risada vir de algum lugar.

Procurei por breves segundo e quando olho para o chão, lá está ela, rindo sozinha da própria queda inesperada!

.

.

.

– Moça… Moça… Moça… – Nara, ainda “altinha”, saiu correndo na direção de uma garota, assustando-a.

– Ô moça! Onde fica o treco de comercio? – ela tentou continuar com o diálogo de via única com a pobre coitada.

– Caaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiooooooooooooooooooooooo… – a Nara desistiu da conversa infrutífera e saiu atrás de seu alvo. Ultrapassando o corredor inteiro de um dos prédios de comercio, obviamente, saltitando!

.

.

.

– Nara? Que foi? – perguntei quando a vi com um olhar sonhador.

– Aquele lugar parece tãooo feliz… né? – comentou, olhando para a propaganda de um hotel, impressa em um caminhão que passava por nós.

– Ãnh?

– Sério! Olha! Tem até golfinho! – apontou animadamente para a tal propaganda.
.

.

.

– Credo! Parece que ela tem peito no cabelo! – comentou após ver uma das fotos hilárias de nossas amigas Bia e Carol, na qual uma delas havia prendido parte do cabelo para dentro do casaco, permitindo que apenas um pedaço da ponta permanecesse do lado de fora, na altura dos seios.

– Quê? Peito no cabelo?

– É… Peito no cabelo… – insistiu.

Evidentemente, dei risada.

– Ah tá… Cabelo no peito! – se corrigiu, após perceber o erro. Bastou apenas uma risada minha! Hehehe…

.

.

.
– Ela falava: ISSO! – anotação para a empolgação de Nara na hora de falar “isso”.

– Falava o que?

– ISSO! – repete com a mesma empolgação.

Entenderam, algo? Huahuahua…

.

.

.

– Adoro quando o Globo Repórter fala sobre bichos! – comentou, aparentemente empolgada para assistir ao programa.

– Uhum! Eu também gosto bastante! – concordou nossa amiga Bia.

– É… São os que eu consigo assistir inteiros! – disse, contribuindo com a conversa noturna.

– Olha o bicho, que ninja! – a Bia comentou após alguns segundos, assim que vimos uma raposa branca mergulhar na neve e sair com a presa na boca.

– Verdade! Demais, né Nara? – concordo e tento puxar assunto com a quieta Nara.

– Nara? – a Bia também havia percebido a inatividade da colega, a qual, logo constatamos, já estava em seu 13º sono!

.

.

.

– Fabi, posso mexer na panela?

– Pode, Nara.

– Posso usar um pano pra segurar a panela? Tá quente…

– Pode. Só toma cuidado pra não queimar o pan…

– AAAAAAAH O PANO TÁ PEGANDO FOGO!

.

.

.

– Ai, Fabi… Desculpa, queimei o pano da sua mãe…

– Não tem problema…

– Mas prometo que não estrago mais nada, tá?

CRACK!!!

Enquanto ela brincava com o copo em suas mãos, acabou por derrubá-lo em cima da mesa, quebrando-o.

.

.

.

– Isso daqui ta parecendo filmagem de Bruxa de Blair! – comento, analisando a filmagem.

Tal comentário arrancou risadas de minhas e da Bia.

– Fabi! Não fala isso! – Nara olhou ao redor e depois sussurrou. – Eu tenho medo…  – quando segredou a confissão, ela se parecia com o garotinho do filme “Sexto Sentido”.

 

É… Isso é EXTREMAMENTE POUCO, comparado com todas as conversas que tivemos durante 4 anos juntas! (salvo falhas de memória…)

 

Nara (em um momento de pura diversão)



Carol says:

bons tempos…ahahahahahhahha era soh risadas! eramos fumadas sem fumar!hahahahaah e smpre embriagadas mesmo qndo num bebiamos!hehhe
saudades d tdas!!



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
Crônicas da Gaveta

Relatos amadores de um coração cardisplicente...

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Writing and Film Festival Review

Feature Screenplay, TV Screenplay, Short Screenplay, Novel, Stage Play, Short Story, Poem, Film, Festival and Contest Reviews

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

• powersx3

' in your mind,i have all power #

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

%d blogueiros gostam disto: