World Fabi Books











{junho 13, 2012}   Causos de um feriadão!

Causos de um feriadão! 

(parte 1)

 

 

 

Vamos começar pela quarta-feira, um dia antes do tão esperado feriado de Corpus Christi!

Se formos comparar com a avalanche de coisas que vêm me acontecendo e com todos os fatos ocorridos no final de semana prolongado, provavelmente, esse pequenino acontecimento pode parecer desimportante. Contudo, foi o momento em que eu percebi que conseguia voltar a sorrir com coisas simples, o que, com certeza, me ajudou muito nas gargalhadas que dei nos dias seguintes!

De praxe, fui trabalhar e logo depois parti para a minha aula de violino. Por mais que meus colegas de trabalho tenham conversado comigo, eu ainda me sentia em um estado um tanto catatônico. Portanto, assim que cheguei à escola de música, logo avisei meu professor que eu não havia treinado nada, por não ter dito “cabeça” para tal.

Conversamos um pouco e eu logo fui para as notas e pequeninas melodias que, a meu ver, já deixaram de sangrar ouvidos, mas que ainda arranham um pouco os cérebros.

Enfim… Foi durante as conversas e treinos eu consegui me distrair mais do que esperava!

E para coroar aquela noite, ao final da aula (enquanto eu ainda esperava por meu pai) fiquei ouvindo e participando da conversa com os músicos de plantão… Quando o meu professor André olhou para a televisão e ficou em silêncio.

Todos nós fizemos o mesmo e paramos para analisar aquele pequeno pedaço da novela Cheias de Charme (creio ser isso).

Na tela, as tais “empreguetes” estavam participando de um programa fictício da Ana Maria Braga. A cena era “tradicional”, as três mulheres (mais suas respectivas patroas) tomavam um belo café da manhã à mesa do programa Mais Você, acompanhadas de uma extrovertida apresentadora.

– Que ótimo! Agora o meu dia está completo! – meu professor quebrou o silêncio na recepção. – Eu não poderia terminar o meu dia feliz sem ver a Ana Maria Braga à NOITE! É muita felicidade!

A fala sarcástica, somada com os gestos e as expressões daquele músico, me fizeram gargalhar, assim como os demais presentes.

Eu sei que a situação parece banal e até sem graça, porém, não houve uma pessoa que riu naquele momento!

E a partir daí as piadas recomeçaram…

E foi naquele momento que eu dei inicio às festividades do meu feriado!

Eu sei que corações sangram e há feridas que apenas cicatrizam, mas nunca curam… No entanto, viver momentos simples podem lhe surpreender. São nesses pequenos detalhes da vida que vemos o quanto é bom estarmos respirando e sentindo!

Os sentimentos estão dentro de uma pequena caixinha de Pandora e em cada segundo que vivemos ela se abre. Nunca sabemos ao certo o que irá sair dela! Até podemos controlar o tempo e o tamanho da abertura de tal caixa, contudo, não o que escapa.

E por mais que digam que não vale a pena abri-la, eu percebi que é de extrema importância continuarmos a deixar essas surpresas fugirem de seu pequeno confinamento. Afinal, o que é o bem sem o mal? Como saberíamos o que é felicidade se não passássemos pela tristeza? Vivendo e aprendendo… Respirando e sentindo… Sempre evoluindo!

Certa vez, uma pessoa muito especial me disse: “diga a eles o seguinte: ‘I like to think outside the box’. E pronto! O pessoal adora essas coisas.”…

Naquele momento ele se referia a uma entrevista de emprego que eu iria realizar em inglês. No entanto… Eu acredito que podemos usar essa frase em qualquer momento da vida!

E para quem não sabe inglês, toscamente traduzindo, essa frase significa “Eu gosto de pensar fora da caixa”.

Realmente… Eu gosto e eu penso fora da caixa! É assim que eu sou e é assim que eu acho que as pessoas deveriam tentar ser!

Abrir a Caixa de Pandora não é algo de todo ruim, é simplesmente necessário, pois é de dentro dela que saem aquilo que lhe define! É fora da caixa que vivemos!

 

 

.

.

.

In fine…

Espero que tenham gostado do singelo texto relatando um pequeno momento. Em breve volto com mais um pedaço do meu feriadão! Aos poucos vou retomando os meus causos aqui…

 

 

Baci baci =****



solange says:

É isso ai, a vida continua e a fila anda…bjs



I like the valuable info you provide on your articles. I’ll bookmark your weblog and test once more here frequently. I am slightly certain I’ll be informed many new stuff proper right here! Good luck for the next!



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
Crônicas da Gaveta

Relatos amadores de um coração cardisplicente...

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Writing and Film Festival Review

Feature Screenplay, TV Screenplay, Short Screenplay, Novel, Stage Play, Short Story, Poem, Film, Festival and Contest Reviews

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

• powersx3

' in your mind,i have all power #

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

%d blogueiros gostam disto: