World Fabi Books











{abril 3, 2014}   Desde sempre viciados em livros

Olá, leitores e leitoras!!

Quem aqui já é papai ou mamãe?

Pois bem…

O post de hoje é dedicado aos marujos de primeira, segunda, terceira…, e assim por diante, viagem e para aqueles que desejam um dia ingressar para o mundo da paternidade/maternidade!

Assim sendo, vamos ao post de hoje…

 

bebê-ler

 

 

Vamos lá!

Como é de senso comum, pelo menos entre os viciados em literatura, quem se dedica a ler para uma criança desde os seus primeiros lindos meses de vida, estreita os laços afetivos com o bebê e, de quebra, valoriza o ato da leitura desde cedo!

Afinal, o fato de seu filho ou sua filha ser apenas um nenénzinho fofo, não é impedimento para manter os livros afastados da sua rotina diária e da criança. Ao contrário! É desde o colo da mãe ou do pai que o bebê pode e DEVE se aproximar desse universo mágico e fabuloso da literatura! Para isso, o simples ato de ir despertando o prazer de ouvir o som das palavras, por exemplo, já é um ótimo estimulante para o gosto pela leitura, além de ser excelente para o desenvolvimento do bebê!

Bom…

A fase, ou melhor, as fases seguintes ao estimulo sonoro são: o despertar do olhar, a ativação do tato, o envolvimento com distração e o incentivo à criança a pegar o livro sempre que quiser (mesmo que não saiba ler ainda…)!

Digamos que, passados os primeiríssimos meses de vida, quando boa parte do apetite literário da criança se deve à sonoridade, a partir dos três a quatro meses (mais ou menos quando consegue manter-se sentado), o bebê começa a  demonstrar um envolvimento físico com o livro. Se sentindo tão atraído que começa a desejar conhecer esse objeto com a boca, o que é muito importante, segundo especialistas.

As dicas aqui em destaque pretendem, portanto, ajudar os pais durante os primeiros contatos dos seus bebês com os livros. No entanto, tenham em mente que essas dicas não devem ser utilizadas para ensinar a ler e a escrever, mas sim despertar o prazer da leitura!

bebe

1. Use a sonoridade das palavras:

A musicalidade das palavras é o que mais desperta a curiosidade do bebê. Ele se diverte bastante com esse tipo de sonoridade, ainda mais ouvindo a voz da mãe ou do pai. O ideal é ler histórias de frases curtas, que repetem palavras, o que ajuda a identificar os sons; poesias e cantigas também causam grande efeito.

2. Desperte o “olhar” da criança: 

As cores das ilustrações, assim como as texturas às vezes presentes nos desenhos, têm grande poder de sedução sobre os bebês. Em uma livraria, há sempre gente preparada para ajudar a escolher o livro de recursos gráficos mais adequados para despertar os sentidos de quem tem pouca idade.

3.  Ajude-o a ativer o tato:

Exatamente porque o bebê vai se envolver fisicamente com o objeto que tem em mãos, livros de plástico e/ou de tecido são os mais indicados nesta etapa inicial de contato com a leitura.

4. Lembre-se: a distração faz parte:

É natural que o seu filho se distraia após as primeiras páginas, mas o ritual da leitura, quando praticado com regularidade, vai criar o hábito até mesmo tenra idade – prepare-se para ver o bebê reagindo ao som da leitura ou ao estímulo das cores e formas dos desenhos com sorrisos, gestos etc. E se o seu bebê for superativo, capaz de ficar parado apenas cinco minutos, saiba que esse contato com o livro já está de bom tamanho!

5.  E não se esqueça: deixe o livro sempre à mão da criança:

É importante deixar os livros ao alcance da criança, tanto faz a idade. Serve de estímulo à iniciativa de ela pegar e se distrair sempre que sentir vontade.

baby

E para finalizar o post, que tal umas dicas extras?

Eis algumas ideias de como a mãe e o pai podem se comportar no cotidiano de modo a despertar ainda mais o interesse por livros em seu bebê:

1. Faça uma boa seleção:

Escolha um livro rico em ilustrações, de cores e formas atraentes. E cuja narrativa seja marcada pelo ritmo e pela repetição – mesmo com poucos meses de vida, o bebê é capaz de reconhecer a voz da mãe e/ou do pai que leem para ele, sentindo-se protegido com isso.

2. Preocupe-se sempre com o ambiente de leitura:

Sente-se em local confortável, procure relaxar, pois o seu bem estar irá contaminar o bebê acomodado no seu colo. Leia de modo a valorizar as rimas e as repetições de vocábulos, lembre-se que a criança se sente atraída pelos sons das palavras.

3. Nunca deixe de incentivar a descoberta: 

Mostre as ilustrações bem de perto à medida que aparecem no livro. E deixe que o bebê “experimente” o que lhe chamou a atenção, agarrando ou levando à boca o objeto – é o seu modo de se envolver com o universo desconhecido de um livro.

4. Lembre-se: Solte a voz!

Para o adulto que se sente por alguma razão constrangido de ler em voz alta, a recomendação é, primeiro, se inteirar da história que vai ler de modo a se sentir familiarizado com ela; e, depois, não se preocupe com o próprio desempenho, afinal, trata-se de um ritual entre pais e filhos – ninguém vai atuar como juiz ou dar nota.

5. Não deixe de criar o hábito:

Do mesmo modo que existe a hora de comer, dormir, passear etc., é importante criar a hora da leitura do bebê, investindo no hábito que vai, com o passar do tempo, tornar a criança um leitor.

É isso!

Até mais pessoal e boa sorte aos papais e mamães que leram esse post!

 



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros 📖 💻 📝

devaneiosdalua.wordpress.com/

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por Blair Pttsn

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Writing and Film Festival Review

Feature Screenplay, TV Screenplay, Short Screenplay, Novel, Stage Play, Short Story, Poem, Film, Festival and Contest Reviews

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

• powersx3

' in your mind,i have all power #

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

%d blogueiros gostam disto: