World Fabi Books











Olá readers!

Gu Valente assumindo aqui!

No belo dia 6 de dezembro, eu, juntamente com a Fabi, e os meus irmãos Henrique e Mateus partimos para a grandiosa cidade de São Paulo com um objetivo bem claro em mente: chegar cedo na Comic Con Experience (a CCXP) no dia seguinte e ser um dos 1000 primeiros a entrar na Expo São Paulo.

comiccon1

O motivo?

Estar dentro da pré estreia de nada mais nada menos do que O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos!

hobbit3

Quer mais um motivo?

Richard Armitage, o próprio Thorin Escudo de Carvalho em pessoa, estaria presente no evento!

How cool is that?

R.Armitage1

Depois de dormirmos por pouco mais de quatro horas na casa de nossa amiga Liane Azuma (Aliás, obrigado Lih <3), partimos para o primeiro metrô do dia.

Chegamos na Expo São Paulo por volta de 5h30 da matina, e já tinha umas 600 pessoas por lá! No princípio achamos que seria bem difícil entrar, mas uma contagem não oficial da fila nos garantiu que estávamos entre os 1000 primeiros.

Fila vai, fila vem, uma confusão bem grande começa a acontecer na fila; alguns membros da equipe se atrapalham na organização de tudo e, entrando no local da CCXP, achamos que não conseguiríamos entrar no auditório Thunder, onde se daria a sessão e o painel com Richard Armitage.

Mas entre mortos e feridos, salvaram-se todos, e ao som de Iron Man, do Black Sabbath, todos nós entramos no auditório!

UHUL!!!

Expectativa a mil pra começar o painel. Marcelo Forlani, um dos editores do Omelete, assume o palco, agradece a presença de todos e dá algumas instruções para garantir a melhor experiência possível ali dentro.

Às 10h10 mais ou menos, Érico Borgo, um dos cabeças do evento e também do Omelete, assume o palco para apresentar Richard Armitage. E platéia quase veio abaixo!

Não bastasse isso, todos os presentes cantaram ‘Misty Mountains Cold‘, que é a música que Thorin canta no primeiro filme da série, Uma Jornada Inesperada.

 

Armitage sorria o tempo todo e estava muito feliz com a plateia brasileira, dizendo que “achava que a plateia alemã era mais insana, até conhecer os brasileiros“. Richard já previa o clima de festa ao entrar no auditório filmando a plateia ensandecida.

Durante o painel, o ator contou sobre a experiência de fazer parte de uma serie tão querida e trabalhar com Peter Jackson na direção. Disse também que a maquiagem era bem difícil de lidar e que optou por fazer todas as suas cenas de luta, para conseguir entender e sentir o personagem. Ainda deu tempo de dizer que sua cena favorita da trilogia é onde Bilbo Bolseiro e Gollum fazem o jogo de charadas entre eles.

Richard Armitage se despediu da platéia depois de vinte minutos de painel. A emoção e a sensação de ver uma figura tão querida pelos nerds deixou a mim e a todos que me acompanharam bastante felizes, afinal, estávamos diante do Thorin em pessoa! Só de ouvir ele falando bastou pra abrirmos um sorrisão de ponta a ponta.

R.Armitage2

Terminado o painel, hora de assistirmos a primeira pré estreia do filme!

E que viagem hein?

A Batalha dos Cinco Exércitos é o mais enxuto e mais corrido capítulo da Terra-média nos Cinemas, correndo em um total de apenas 144 minutos.

O filme já agarra o espectador pelo colarinho logo de cara, e só solta quando os créditos começam a rolar. Todas as pontas soltas da trilogia são amarradas e o palco para A Sociedade do Anel está montado. Peter Jackson criou um espetáculo para ser visto na telona, e ainda que se entregue a alguns momentos meio inconstantes, entrega um épico como nenhum outro cineasta conseguiu.

Ao final de tudo, temos seis filmes que tocaram o coração de muitas pessoas, e à medida que os créditos finais rolam ao som da maravilhosa The Last Goodbye (cantada por Billy Boyd, que fez o Pippin em O Senhor dos Anéis), a sensação agridoce permanece de que não teremos mais a Terra-média no Cinema.

Nos resta partilhar as boas memórias que Peter Jackson nos proporcionou desde 2002, e que o inesquecível J.R.R. Tolkien começou com a simples frase de que numa toca no chão, havia um Hobbit.

ccxp1

.

.

.

Texto by Guh Valente

IMG1116



Vejam só, galera!!

O nosso colaborador, Guh Valente, escreveu mais uma resenha incrível!!!

Leiam o texto todo no blog do garotão, o Blog do Valente!!

“Capitão América 2 – O Soldado Invernal traz a Marvel operando a todo vapor em uma trama realista e sombria, mas que continua a exibir os traços típicos que a Casa das Ideias possuem que faz cada filme da casa ser algo com vida própria. Se tratando de um filme sobre identidade, isso é dizer muito.

E que venham os Guardiões da Galáxia!”

Amém!!

Blog do Valente

captain-america-the-winter-soldier-international Desde Os Vingadores , a fase 2 do Universo Cinematográfico da Marvel vem tocando em um tema bastante pertinente: identidade . Vale notar que nenhum dos heróis “mais poderosos da Terra” escondem seus verdadeiros rostos como fazem Peter Parker e Bruce Wayne. Todos são abertos quanto a seus alter egos heróicos, mas nenhum deles representa tanto a força da moral e honra que norteia os Vingadores do que Steve Rogers, aka Capitão América.

O Soldado Invernal se passa dois anos após os eventos de Os Vingadores. Ainda tentando se ajustar ao século XXI – fique de olho na cena do caderno de Rogers -, o Capitão (Chris Evans) executa uma missão duvidosa para a SHIELD, fazendo com que passe a questionar Nick Fury (Samuel L. Jackson) sobre a legalidade dos atos da agência pela qual trabalha. Quando uma figura de seu passado surge como o Soldado Invernal, e abala…

Ver o post original 598 mais palavras



Olááááá, fãs da Ghibli!!!!

Ou seria Ghiblimaníacos (as)?

Acho que estão ansiosos por este post, não?

Desde Ponyo, não víamos mais nenhuma mega produção de Hayao Miyazaki, contudo, 5 anos depois, ele está de volta à direção! Miyazaki está no comando da animação Kaze Tachinu, ou melhor dizendo...O Vento está Soprando!

kaze tachinu (3)

Infelizmente, o filme é o último da carreira do mestre da animação japonesa, que anunciou sua aposentadoria em setembro de 2013…

Aos 72 anos, Miyazaki, que se descreve como um workaholic, se aposentará e deixará uma carreira fabulosa, na qual é o autor de onze longas-metragens aclamadas pela crítica e detentor de prêmios como: o Oscar de Melhor Filme de Animação com A Viagem de Chihiroo Urso de Ouro em Berlim (também com A Viagem de Chihiro) e o Leão de Ouro em Veneza pela sua carreira, a qual  é atravessada por histórias infantis que conversam com os adultos, por seres humanos e a sua relação com a natureza, por aventuras e aspirações, por desenhos feitos a lápis e com muito pouco computador nos seus filmes.

Hhayao-Miyazaki (1)

De qualquer forma, mesmo sendo a “saideira” de Miyazaki dos Studio Ghibli e do mundo do cinema, o gênio da animação sairá colecionando mais uma indicação, já que, O Vento está Soprando é um dos dezenove filmes pré-selecionados na corrida ao Oscar de Melhor Filme de Animação de 2014!

Além disso, apesar de representar “o fim”, os fãs de Miyazaki e da própria Ghibli ainda continuam ansiosos para assistir à obra, torcendo para que ela seja lançada o mais breve possível e sem imprevistos!

Hhayao-Miyazaki (4)

Kaze Tachinu, ou The Wind Rises, conta a história de Jirô Horikoshi, que vive em uma cidade do interior japonês e é o criador do caça usado pelo Japão na Segunda Guerra Mundial. A trama começa quando, num dia qualquer, Horikoshi sonha estar voando em um avião com formato de pássaro.

A partir daí, ele decide que construir um avião e colocá-lo no ar é a meta da sua vida! Durante a busca pelo seu sonho ele conhece Naoko, uma jovem encantadora por quem se apaixona.

kaze tachinu (1)

Dessa vez, para produzir o Kaze Tachinu, o incrível Hayao Miyazaki se inspirou no mundo real ao contar a história de Jirô,pois o personagem realmente existiu e, como já foi mencionado, era um engenheiro aeronáutico conhecido por ser o criador do famoso avião de combate da 2ª Guerra Mundial, o Mitsubishi A6M Zero! Miyazaki também se inspirou no livro de Tatsuo Hori, autor da obra de mesmo título da animação, Kaze Tachinu.

Kaze Tachinu ou The Wind Rises ou O Vento está Soprando estreia dia 21 de fevereiro nos E.U.A. e no Japão, sendo que, provavelmente, no mesmo dia estreie aqui no Brasil!

kaze tachinu (2)

Fiquem agora com alguns teasers e trailers da animação:

The Wind Rises – Official Trailer

Studio Ghibli THE WIND RISES (Kaze Tachinu) – Teaser Trailer (Japanese, 2013)

The Wind Rises (2013) – AKA Kaze Tachinu – Official Trailer HD

THE WIND RISES (Kaze tachinu) | Teaser Trailer 2013 HD

Kaze Tachinu (The Wind Rises / 風立ちぬ) – Official Japanese Trailer (Hayao Miyazaki – Studio Ghibli)

Deu ainda mais vontade de assistir, não deu?

Pelo visto, o titio Miyakazi criou mais uma obra prima da animação japonesa, ao lado do Studio Ghibli!

Surtem conosco!!

Hhayao-Miyazaki (2)

Confiram também, a filmografia de Hayao Miyazaki :

  • 1979: Rupan sansei: Kariosutoro no shiro  (em português: O Castelo de Cagliostro) – Pré Studio Ghibli;
  • 1978: Mirai Shōnen Konan (em português: Conan – O Rapaz do Futuro) – Para a  Televisão, sem o Studio Ghibli;
  • 1980: Rupan Sansei (em português: Lupin III) – Para a  Televisão, sem o Studio Ghibli;
  • 1984: Meitantei Hōmuzu (em português: Sherlock Hound) – Para a  Televisão, sem o Studio Ghibli;
  • 1984: Kaze no tani no Naushika (em português: Nausicaä do Vale do Vento) – Pré Studio Ghibli;
  • 1986: Tenkû no shiro Rapyuta (em português: O Castelo no Céu ) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 1988: Tonari no Totoro (em português: Meu Vizinho Totoro ou Meu amigo Totoro) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 1989: Majo no takkyûbin (em português: Serviço de entregas da Kiki) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 1992: Kurenai no buta (em português: Porco Rosso) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 1995: On your mark (vídeo-clipe de Chage & Aska) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 1997: Mononoke-hime (em português: Princesa Mononoke) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2001: Sen to Chihiro no kamikakushi (em português: A Viagem de Chihiro) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2003: Mei to Konekobasu (em inglês: Mei and the Kittenbus) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2006: Hoshi wo Katta Hi (em inglês: The Day I Harvested a Planet) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2006: Mizugumo Monmon (em inglês: Water Spider Monmon) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2004: Hauru no ugoku shiro (em português: O Castelo Animado) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2008: Gake no ue no Ponyo (em português: Ponyo, uma Amizade que do Fundo do Mar) – Dentro do Studio Ghibli;
  • 2014: Kaze Tachinu (em português: O Vento está Soprando/ em inglês: The Wind Rises)  – Dentro do Studio Ghibli;

Hhayao-Miyazaki (3)

Fonte da filmografia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hayao_Miyazaki#Filmografia



{novembro 4, 2013}   Parabéns, cinéfilo querido!

Ontem, dia 03 de novembro, um ensolarado e quente domingo primaveril, o nosso fodástico crítico de cinema, Guh Valente, completou seus tão esperados 25 anos!

guh1

Finalmente, os fatídico 24 anos foi superado e com ele, 90% das brincadeiras se foi!

Agora, a bola da vez é aguentar os comentários sobre já ter chegado a 1/4 de um século!

Mas, tudo isso o nosso querido cinéfilo tira de letra, pois, para ele não há tempo feio, desde que possa contar com uma boa trilha sonora, uma impecável atuação, uma ótima sequência de cenas e uma excelente direção!

E nós, o WorldFabiBooks desejamos ao nosso amante de cinema predileto muito e muitos mais anos de vida, repletos de amor, saúde, prosperidade, coragem, sorte, força, alegrias, filmes, cinemas, documentários, atuações memoráveis, cenários impressionantes e face-to-face com muitos diretores por aí!

Somo imensamente gratos por esse incrível profissional ter adentrado no mundo louco, porém fantástico, do enredo de nosso blog! Com certeza, ele somou muito e continuará somando!

Obrigado por crescer conosco Gustavo! Esperamos continuar trabalhando juntos por muitos anos! E muito obrigado, também, por nos permitir comemorar com você essa data tão importante!

Nossos imensos parabéns e um felicíssimo aniversário, companheiro cinéfilo e bibliomaníaco! 

guh2

Ps: o nosso parceiro, o Caravela Virtual, também fez a sua homenagem a esse cinéfilo ilustre e renomado crítico de cinema, Gustavo Valente!! Vejam:

“Olá marujos e marujas!
Estamos um pouco atrasados, maaaaas… O que conta aqui é a homenagem em si, pois está sendo feita de coração!!

No dia 03 de novembro, o nosso primeiro imediato completou nada mais e nada menos do que 1/4 de um século!! Isso mesmo, caríssimos e caríssimas! O nosso querido Gu Valente completou 25 anos de vida repleta de filmes, documentários, atores, monstros, efeitos especiais, diretores, suspense, terror, aventura, drama… Enfim, acreditamos que já deu para entender, certo?

De qualquer forma, essa homenagem não é apenas para dizer o quanto esse cara é foda no que faz, o quanto a vida dele é memorável e o quanto ele é importante para todos nós, a tripulação irreverente dessa Caravela!

Essa homenagem é para desejar a esse ícone dos sete mares toda a alegria, saúde, coragem, prosperidade, força e sorte que esse vasto mundo entre céu e terra pode oferecer! Também desejamos muitos e muitos filmes de qualidade, livros fantásticos, atores incríveis, diretores fodásticos, oscar e prêmios de cinema, efeitos especiais perfeitos, coração acelerado, pele arrepiada, olhos arregalados e muitas críticas, notícias e análises da sétima arte!

Gu Valente, deixamos aqui nossas sinceras felicitações! Tenha um aniversário inesquecível e regado de ótima companhia!

Parabéns!!”

Se quiserem ver a homenagem completa, cliquem AQUI!!

IMG1116



É com imenso prazer e empolgação que mostramos para vocês, caros leitores, as primeiríssimas imagens de Godzilla, a nova reimaginação do clássico monstro japonês!

godzilla

Pelo que o trailer indica, o filme será bastante sombrio e dramático. Vamos ver como serão os outros vídeos, mas por enquanto, gostei muito do que vi!

UPDATE: A Warner já tirou o vídeo do ar. Clique aqui para assisti=lo.

O filme tem direção de Gareth Edwards e estreia em maio do ano que vem. Ansiosos?

(texto de Gustavo Valente!)

IMG1116



{junho 15, 2012}   Segredos de bastidores!

Segredos por trás das cenas de filmes famosos

.

.

.

 

 

Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca

.

.

.

Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi

.

.

.

Alien

Este é Bolaji Badejo, o homem dentro da armadura de alienígena do filme Alien, de 1979.

Segundo o IMDB, ele era estudante de design que foi descoberto em um bar.

.

.

.

Os Caça-Fantasmas


.

.

.

Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida

.

.

.

Matrix

.

.

.

Godzilla

.

.

.

Coração Valente

.

.

.

Tartarugas Ninja

.

.

.

Jurassic Park

.

.

.

Halloween

A máscara que Michael Myers usava era baseada no rosto de William Shatner, só que pintada de branco.

.

.

.

O Senhor dos Anéis

Para não ter problemas ao montar cavalo, Ian McKellen contava com dois dublês.

.

.

.

Os Vingadores

.

.

.

A Origem

.

.

.

Titanic

.

.

.

O Leão da MGM

Não há nenhuma informação clara sobre esta foto, ou seja, não se sabe se realmente Alfred Hitchcock dirigiu o leão da MGM. No entanto, a foto é muito curiosa.

.

.

.

Fonte: O Buteco da Net



O Clube do Filme

 

 

Autor: David Gilmour

.

.

.

Se seu filho de 15 anos fosse um aluno problema, você o tiraria da escola? O colocaria em aulas de reforço e consultas com psicólogos? Afinal… O que você faria?

Normalmente, nenhum pai pensaria (de primeira) na alternativa que o crítico de cinema e escritor premiado, David Gilmour, pensou!

Gilmour realmente tirou o filho da escola, o garoto poderia sair da instituição – e ficar sem trabalhar e sem pagar aluguel – desde que assistisse semanalmente a três filmes escolhidos por ele, o pai.

A aposta diferente resultou em um  Clube do Filme: semana a semana, pai e filho viam e discutiam o melhor (e, ocasionalmente, o pior) do cinema.

Assim, mergulhamos nos pensamentos e sentimentos de pai e filho, as preocupações quanto ao futuro do garoto (Jesse), as aflições sobre sua carreira, as angústias de Jesse no campo amoroso e os paralelos que ele traça com os filmes que vai assistindo com Gilmour.

O Clube do Filme encanta pela história em si, mas tem um atrativo extra: os comentários sobre os filmes!

Assim sendo, os longas funcionam como um ponto de partida para discussões sobre a vida entre Gilmour e Jesse. Os outros personagens, embora secundários, são bem delineados pelo autor, que nos leva, por meio desta história, aos bastidores da carreira de um crítico de cinema nos dias de hoje.

David Gilmour prova, em sua obra, que os filmes podem assumir um papel muito importante em nossas vidas, assim como podemos analisar os filmes mesmo sem sermos críticos de cinema, pode-se aprender muito com eles apenas vendo-os e analisando cenas específicas, a fotografia, pontos de destaque em cada obra.

E não são apenas os clássicos que o autor mostra ao filho! Dos clássicos, passando pelos filmes de suspense, terror, romance, pela nouvelle vague, analisando filmes de Woody Allen e, ao mesmo tempo, não deixando de lado nem os filmes trash.

O Clube do Filme é aquele tipo de livro que não conseguimos largar antes do final. A escrita é carismática, a tradução é bem feita, o texto é de rápida leitura e não é maçante. Altamente recomendado!!

 

 

 

 



Vagando pela internet, me deparei com um post mostrando a quantidade (superficial) de capas de filmes que copiam umas ás outras.

Dando uma olhada… Percebi que tinha razão!!! Muitas delas acabam copiando vários elementos de outras. 

Vou colocar aqui os exemplos que foram colocados (http://colunistas.ig.com.br/obutecodanet):

 

 

Praia ao fundo

De costas

Casais em lados opostos

Na cama

Olhos

A natureza é azul

Preto e laranja

Correndo pela vida

Pernas abertas

Montando rostos

Vestido vermelho nunca sai de moda

 

 

“Na televisão, nada se cria, tudo se copia” – by Chacrinha

 

 



{agosto 19, 2011}   Trollando na Internet

Huahauahauaua adoro esses fails de cinema!! (e para quem não entendeu, os Trolls da internet também são conhecidos como Memes!! hehe)

 



et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros

Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por @Cardisplicente

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Festival

Weekly Film Festival in Toronto & Los Angeles. Weekly screenplay & story readings performed by professional actors.

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

%d blogueiros gostam disto: