World Fabi Books











{outubro 29, 2011}   Os verdadeiros Ditos Populares

Uma amiga minha, a Bia, me mandou um e-mail mostrando a forma correta dos mais famosos ditos populares. Alguns eu já sabia, mas outros… Poxa… Passei anos falando da forma errada e ninguém me avisa?

Então, vamos lá?

 

HOJE É DOMINGO PÉ DE CACHIMBO

Quem aqui já imaginou o que e como seria um pé de cachimbo?

O correto é:

HOJE É DOMINGO PEDE CACHIMBO

Afinal… Domingo é um dia especial para relaxar e fumar, no caso, um cachimbo ao invés do tradicional cigarro (para aqueles que fumam, naturalmente… Pois, eu não prefiro um bom livro e um bom filme do que algo matando os meus pulmões. Hehehe…).

 

Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro

Mas, que bicho é esse que é carpinteiro? Ou melhor, um bicho pode ser carpinteiro?

Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro

Tá aí a resposta para o dilema!

 

Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.

Eu sempre tive pena da batata… (SIM! Eu era uma criança que tinha pena de coisas inanimadas!

Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.

Se a batata é um caule subterrâneo, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparramaria pelo chão se ela está embaixo dele?

Tá aí uma explicação óbvia que nunca pensei! E eu cantando a música errada durante esses anos todos!!!

 

Cor de burro quando foge.

Eu sempre me questionei qual seria essa cor…

Corro de burro quando foge!

Esse foi o pior de todos!

E pensando bem… Por acaso, burro muda de cor quando foge? Afinal… Porque ele mudaria de cor?

Passei anos imaginando uma cor para isso, quando, na verdade o dito estava errado!!

 

Quem tem boca vai a Roma.

Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!

Porém, durante as minhas aulas de Italiano, minha professora me ensinou a forma correta! A qual é:

Quem tem boca vaia Roma. (isso mesmo, do verbo vaiar)

A forma como Roma era controlada, desagradava o povo. Portanto, eis o verbo vaiar!

 

Cuspido e escarrado.

Eu, particularmente, nunca gostei muito desse, sempre achei ser uma forma muito nojenta de se dizer que alguém é muito parecido com outra pessoa.

Esculpido em Carrara.

Bem melhor, não?

E para quem não sabe, carrara é um tipo de mármore.

 

Quem não tem cão, caça com gato.

Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça, caça-se de outra forma! Nesse caso, o gato ajuda! É preciso saber se virar com o que tem…

Quem não tem cão, caça como gato

Ou seja, sozinho! Se não tem o cão para te ajudar, o jeito é se virar e ir caçar sozinho, como qualquer felino faz!

 

Alguém sabia o sentido correto de alguns desses? 
Pois é…
Todos esses anos e a maioria eu nem desconfiava! 


et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros

Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por @Cardisplicente

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Festival

Weekly Film Festival in Toronto & Los Angeles. Weekly screenplay & story readings performed by professional actors.

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

%d blogueiros gostam disto: