World Fabi Books











Olá, readers!

Tudo bem?

Estamos de volta com mais uma entrevista do projeto “Figuras da Literatura Brasileira”!

Para quem não sabe, antes eu costumava colocar apenas uma breve entrevista com os autores, mas agora, eu quero incentivá-los a conhecê-los melhor e mostrar o quanto a nossa literatura é rica e maravilhosa!

Vamos quebrar tabus, eliminar alguns paradigmas negativos e arremessar para longe esse preconceito que muitos leitores têm a respeito dos autores brasileiros!

Aliás, para tentar promover uma aproximação maior de vocês com os escritores que passarão por aqui, pedimos para que cada um gravasse um vídeo de apresentando, indicando (ou recitando) algum outro autor nacional e aproveitar para deixar registrado o apoio deles à literatura brasileira!

E para a edição de hoje eu lhes trago o autor Nicolas Catalano!

Ele é a mente por trás do livro “Espelho dos Olhos (2015), sendo que o Nick já nos avisou que não vai parar por aí!!!

O segundo o senhor Catalano, ele já possui alguns livros escritos, porém, não publicados. “O único publicado até o momento é o Espelho dos Olhos, qual decidi torná-lo uma série. E eu o escolhi, pois sempre tive uma conexão maior do que com as outras histórias!“, comentou.

Além disso, o autor possui vários projetos!

Nesse momento, está dando foco ao seu novo livro, a continuação de “Espelho dos Olhos“, o qual vai se chamar “Espelho de Sangue” e, de acordo com ele, está prontinho! “Também, posso citar um projeto recente! Dia 25 de junho, ocorreu a abertura da Exposição Espelho dos Olhos, uma exposição de arte totalmente inspirada na obra, feita pela artista plástica, Giuliana Catalano (a minha irmã). Ah! Aliás, estou com um projeto muito bacana com a autora Dáfne Freitas, o Café de Autores, que visa unificar os autores nacionais, causando a valorização da literatura brasileira!!! Estamos com um site novinho: www.cafedeautores.com.br!“, informou.

Para quem quiser saber…

O Nicolas é paulista e tem 22 anos. Formado em Comunicação Social e Informática, é amante de coral, música, filmes, videogame, redes sociais, pessoas colecionáveis e café da tarde. À medida que os anos se passaram, ele sentiu extrema necessidade de criar e expressar histórias aos outros; quis tornar-se um escritor. Desde então, vem escrevendo contos, crônicas e ficções pessoais. Em 2011, prestes a lançar uma de suas histórias, teve a infelicidade de tê-la furtada. Porém, mesmo assim, não se abateu e continuou a escrever. Atualmente, ele vive em harmonia com sua família “nada normal”, no sudeste de São Paulo.

E para que vocês possam conhecê-lo um pouquinho mais, aqui está aquela conhecidinha parte da entrevista na integra!

W.F.B.: Qual é a sua opinião sobre a literatura nacional com relação à publicação de quadrinhos, tirinhas e charges?

nicolas catalanoN.C.: A literatura nacional vem crescendo a cada dia, apesar dos apesares. Aos poucos, os autores nacionais vêm ganhando espaço no próprio país, já que o Brasil valoriza bem mais os internacionais do que os nacionais. Porém, se iludem aqueles que pensam que autores de fora escrevem melhor do que o brasileiro! (Na realidade, não existe o melhor; cada um consegue absorver aquilo que lhe faz bem na leitura, é relativo). Aliás, temos um problema nos dias de hoje (mas sinto que já está diminuindo): livros de youtubers. Hoje, o foco da literatura brasileira está focada neles, tirando todo o mérito daqueles escritores de romance. Não desvalorizo nenhum youtuber, não… Mas, sinto uma ‘perda de sentido’ na literatura por causa deles, pois é uma moda passageira, desfocando o real intuito dos livros e seu verdadeiro significado. 

W.F.B.: E a respeito da internacional?

N.C.: Sobre a literatura internacional… Bem, ela é bem mais valorizada do que aqui. Os livros internacionais são bem escritos e montados (realmente), pois tem uma seriedade diferente! Lá fora a literatura é levada mais a sério, tem a valorização necessária… Se o Brasil valorizasse os autores nacionais, isso também poderia acontecer por aqui! 

W.F.B.: Poderia deixar uma mensagem para o pessoal?

N.C.: O mundo da literatura é único, mágico e feito das palavras mais duradouras! Ele é seu; ele é meu; ele é nosso! Você pode entrar e sair dele quando quiser, basta apenas ler!

Então, é isso readers!

Espero que tenham gostado e na semana que vem teremos mais uma celebridade para vocês!

Abraços, beijos e boa leitura!

….

Texto by Fabi

IMG_20150101_233612



Olá, readers!

Tudo bem com vocês?

Voltamos com mais uma entrevista do projeto “Figuras da Literatura Brasileira”!

E para quem ainda não leu, antes eu costumava colocar apenas uma breve entrevista com os autores, mas agora, eu quero incentivá-los a conhecê-los melhor e mostrar o quanto a nossa literatura é rica e maravilhosa!

Vamos quebrar tabus, eliminar alguns paradigmas negativos e arremessar para longe esse preconceito que muitos leitores têm a respeito dos autores brasileiros!

Aliás, para tentar promover uma aproximação maior de vocês com os escritores que passarão por aqui, pedimos para que cada um gravasse um vídeo de apresentando, indicando (ou recitando) algum outro autor nacional e aproveitar para deixar registrado o apoio deles à literatura brasileira!

E para a edição de hoje eu lhes trago o autor Bruno Davi Kretzmann!

Ele é o gênio por trás da trama de “O Mago de Naminaroth e a Fênix(2015). Inclusive, nós do World Fabi Books já resenhamos o livro, se quiser dar uma olhadinha, clique AQUI!

Ele também escreveu alguns contos avulsos, indo de fanfics no universo de Harry Potter a um conto pós apocalíptico de reflexão moral. Além disso, ele desenhava quadrinhos de super heróis de autoria própria! (genteeee! Achamos isso super demais!)

Bruno nasceu em 1 de Fevereiro de 1990, sendo que ele joga, desenha e escreve desde criança. Se formou em Tecnologia da Informação, a fim de ter uma carreira estável enquanto corria atrás de seu sonho em paralelo: poder viver da produção cultural e entretenimento. É casado com a Rebeca desde 2013, a qual o apoia e sempre participa de seus projetos pessoais com dedicação. Aliás, Kretzmann conta que se conheceram em 2007, ainda no Colégio, e os dois têm planos para filhos em um futuro próximo, mas ainda estão brigando com relação aos nomes! “Ainda brigamos se vamos chamar a menina de Alice, como ela quer, ou de Hermione, como eu quero. Olha os livros influenciando a nossa vida até nisso, neh?“. (hahahahaha…)

Segundo o escritor, o Mago foi sua primeira obra formal. Antes disso, ele havia escrito aventuras de RPG, pois atuará anos como Mestre/Narrador das aventuras. Aliás, Bruno diz que essa foi sua principal fonte de aprendizado e de ideias para o livro!

Kretzmann pretende continuar a série do Mago de Naminaroth, bem como desenvolver uma história em quadrinhos com ambientação moderna no estilo Jumanji e um jogo de tabuleiro dentro do universo de seus personagens e mundos. Contudo, o autor admite que a sua gaveta de projetos não tem fundo e tem muita coisa que pode ser desencavada ou adicionada por lá, o tempo todo! (que criatividade, não?)

No entanto, as paixões de Bruno não se limitam a apenas escrever e desenhar! Como, talvez, tenha ficado claro nos parágrafos acima, Kretzmann também ama jogos, desde os eletrônicos até os de tabuleiro modernos.

“Sou nintendista, adoro a franquia Pokémon nos consoles portáteis e perco horas assistindo gameplays do jogo de Wii U Mario Maker, o qual tem íntima relação com exercício criativo e design. Há alguns anos, eu redescobri, naqueles jogos de tabuleiro que reuniam a família durante a infância, versões muito mais complexas e maduras. Encontrei a oportunidade de fomentar a socialização e criatividade. Assisto muito a séries e ocasionalmente vou ao cinema para curtir algo que me chame muito a atenção. Sinto saudades de ler mangás e assistir animes…”, revelou.

Além do mais, ele é o fundado do  projeto “Além do Muro“, uma iniciativa de produção cultural que surgiu dele e de familiares, que vem crescendo cada vez mais, animando-o a seguir adiante!

E para que vocês possam conhecê-lo um pouquinho mais, aqui está aquela ligeira parte da entrevista na integra!

W.F.B.: Qual é a sua opinião sobre a literatura nacional? E a respeito da internacional?

Bruno Davi KretzmannB.D.K..: Eu acho que o potencial do autor brasileiro é subestimado, pelo mercado e por ele mesmo.

Pelo mercado, pois há uma barreira de entrada desanimadora para jovens e inexperientes autores. E por si mesmos, pois acho que, uma vez avistada essa barreira, muita gente desiste facilmente. Precisamos de mais iniciativas que profissionalizem e descubram escritores, ao mesmo tempo que o brasileiro precisa ser mais confiante e arregaçar as mangas pois, sem trabalho não se chega a lugar nenhum.

Já ouvi falar também que autores brasileiros valorizam pouco a identidade cultural do Brasil e acabam situando suas obras sempre em paisagens estrangeiras. Precisamos nos esforçar para dar uma chance para a nossa própria realidade se manifestar nas páginas e, assim, ajudar a desconstruir estereótipos que as pessoas têm mundo afora sobre nosso país. E certamente é mais fácil escrever sobre o lugar onde você vive… Por que ninguém leva isso em conta?

W.F.B.: Poderia deixar uma mensagem para o pessoal?

B.D.K.: Me coloco à disposição pra quem quiser bater um papo sobre essas atividades, que para mim são um hobby e um prazer. Escrever é libertador e mágico, mas requer muita disciplina e metas diárias, ainda que pequenas, para se ter resultados.

Não desista, ouça as críticas mas, acima de tudo, sinta-se bem com o que faz. Se em algum momento você não estiver desfrutando o que está fazendo, certamente está fazendo errado.

Então, é isso readers!

Espero que tenham gostado e na semana que vem teremos mais uma celebridade para vocês!

Abraços, beijos e boa leitura!

….

Texto by Fabi

IMG_20150101_233612



et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros 📖 💻 📝

Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por Blair Pttsn

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Writing and Film Festival Review

Feature Screenplay, TV Screenplay, Short Screenplay, Novel, Stage Play, Short Story, Poem, Film, Festival and Contest Reviews

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

• powersx3

' in your mind,i have all power #

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

%d blogueiros gostam disto: