World Fabi Books











Há algumas horas a Editora Intrínseca anunciou que  a tradução do terceiro volume em graphic novel da série Percy Jackson & Os Olimpianos, A Maldição do Titã, logo logo será publicada!

A edição manterá a mesma linha de ilustrações que vimos nos dois primeiros volumes, que já conquistaram muitos leitores que estão aprovando e amando a arte! (e que eu também AMEI!!)

A capa brasileira (e internacional) da graphic já foi divulgada e no dia 11 de março de 2014 a graphic novel poderá ser encontrada em qualquer livraria do país!

É ou não é de surtar?

Aproveitem para ver como ficou a edição de A Maldição do Titã:

graphic_novel-a_maldição_do_titã



{novembro 27, 2013}   A Queda dos Cinco de Pittacus Lore

Olá, lorienoslorienas!

Quem aqui acompanha os escritor de Pittacus Lore, já leu algum livro da série Os Legados de Lorien e/ou viu o filme Eu Sou o Número Quatro?

Quem ainda não conhece a saga ou/ e se baseia somente no filme, devemos informar que o planeta Lorien foi devastado por mogadorianos! No entanto, não se desesperem lorienos, pois nove bebês e seus “guardiões tutores” foram enviados para fora do planeta, a fim de continuarem com o legado de Lorien e, quando estiverem preparados, descobrirem uma forma de deter os magadorianos.

Esses últimos nove lorienos crescem e se transformam em adolescentes com poderes especiais, ou melhor, poderes lóricos! Eles estão escondidos na Terra, porém, desde o início de sua fuga são caçados e mortos! Contudo, um detalhe importante que vocês devem saber é que cada um desses jovens possui um “número” e só podem  ser de fato mortos, se forem sendo aniquilados em ordem crescente… Os três primeiros já foram cruelmente assassinados, bem como seus guardiões, e o próximo da lista (ao menos no começo da série) é o nosso herói John Smith, o Número Quatro e por onde começamos a trilhar a nossa aventura pela série!

Aliás, o primeiro volume da saga, Eu Sou o Número Quatro, chegou às livrarias junto com a sua adaptação cinematográfica, feita pelos The Walt Disney Studios e Dreamworks produzida por Steven Spielberg e Michael Bay!

Veja o trailer do filme que estreou nos cinemas em 2011:

E também leiam as sinopses oficiais dos três primeiros livros, fornecidas pela Editora Intrínseca:

Eu Sou o Número Quatro

Eu-sou-o-numero-quatro_livro

“Eu sou o Número Quatro é o primeiro volume da série Os Legados de Lorien, de PITTACUS LORE — o ancião de Lorien a quem foi confiada a história dos Nove.

“Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes com os quais vocês só podem sonhar. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes — mas somos reais.

Nosso plano era crescer, treinar, nos tornar mais poderosos e nos unir, para então enfrentá-los. Porém, eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, estamos fugindo.

O Número Um foi capturado na Malásia.

O Número Dois, na Inglaterra.

E o Número Três, no Quênia.

Eu sou o Número Quatro.

Eu sou o próximo.”

.

.

.

O Poder dos Seis

O-Poder-dos-Seis_livro

“Na série Os legados de Lorien, o planeta Lorien foi destruído pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Somente nove crianças e seus guardiões sobreviveram e exilaram-se na Terra. As crianças são a Garde de Lorien: o grupo de lorienos dotados de poderes sobre-humanos, os Legados, e responsável pela proteção de sua raça. Os mogadorianos, porém, seguiram até a Terra para caçá-los, e três já foram encontrados.

Em O poder dos seis, o segundo volume da série, John, a Número Seis e Sam continuam em fuga após a grande batalha contra os mogadorianos. Escondida em um convento na Espanha, Marina, a Número Sete, tenta acompanhar as notícias sobre John. Convencida de que ele é o Número Quatro, Marina está ansiosa para descobrir onde estão os outros lorienos, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes.

.

.

.

A Ascensão dos Nove

A-Ascensão-dos-Nove_livro

“Antes de encontrar John Smith – o Número Quatro -, a Número Seis estava sozinha, lutando e se escondendo para continuar viva. Juntos, eles eram bastante poderosos. Mas precisaram se separar para localizar os demais lorienos sobreviventes.

Seis foi até a Espanha em busca da Número Sete e encontrou mais do que esperava: um décimo membro da Garde, que conseguiu escapar de Lorien. Ella é mais jovem que os outros, mas igualmente corajosa. Juntas, elas partem em uma jornada pela Índia, movidas por boatos que talvez as levem a outro lorieno.

Ao mesmo tempo, Quatro e Nove ainda se recuperam da fuga da caverna dos mogadorianos, em West Virginia, e travam uma briga particular: John se culpa por ter abandonado seu melhor amigo, o humano Sam Goode, e Nove menospreza a lealdade de John e o acusa de não se dedicar ao que deveria ser o principal propósito deles: destruir Setrákus Ra e vencer a guerra contra os mogs.”

.

.

.

Agora… Para quem já conhece a saga, devo dizer que temos boas novas! Amanhã, dia 28 de novembro de 2013, chega nas livrarias o quarto volume, A Queda dos Cinco! (tomem cuidado com SPOILERS por aqui!)

Nesse volume, seis membros da Garde de Lorien estão escondidos em Chicago, mais especificamente na casa/cobertura do Número Nove. Eles estão fazendo do esconderijo um local de treinamento para que possam revidar aos ataques de seus inimigos e aniquilá-los, em especial o líder deles, o temível, poderoso e cruel Setrákus Ra. Mesmo tendo poderes, os lorienos reconhecem que estão em desvantagem; eles precisam encontrar o Número Cinco para reforçar o time na guerra contra os mogadorianos.

Confiram a sinopse oficial da Intrínseca e o booktrailer (legendado) do livro:

A Queda dos Cinco

a-queda-dos-cinco_livro

“O Número Quatro, John, acreditava que a união dos lorienos conseguiria destruir os mogadorianos. Mas ele estava errado.  Além de estarem em minoria, eles precisam de muito engajamento para lutar contra seus inimigos.

Escondida na cobertura do Número Nove, a Garde planeja os próximos passos, treina e, aos poucos, aprimora seus Legados. O tempo deles é curto, e são necessários reforços. Então, quando veem o símbolo lórico do Número Cinco em uma plantação, logo se movimentam para resgatá-lo, antes que seja tarde demais. E mesmo quando um antigo aliado volta para reforçar o time, todos correm perigo.”





Gente, essa não é uma NOTÍCIA ótima para fazer os fãs de Zusak delirarem?

A editora Intrínseca divulgou essa semana que o autor de Eu sou o mensageiro e A menina que roubava livros, está prestes a lançar a sua terceira obra, A garota que eu quero, em terras brasileiras!

O romance de Markus Zusak será publicado no Brasil em julho deste ano.

Originalmente (e injustamente) o livro foi lançado na Austrália, em 2001!!!! Em solo australiano, o título é bem diferente do que a publicação que será lançada aqui. Por lá, a obra recebeu o nome de When dogs cry (Quando cachorros choram). Tudo a ver, não? CLARO QUE NÃO!

Já nos Estados Unidos, o lindo livrinho saiu em 2003 e foi batizado de Getting the girl (Pegando a garota). Mas, devo informar que os títulos brasileiro e norte-americano não são os originais, por mais “parecidos” que sejam. O título original é o que foi dado aos volumes publicados na terra do Canguru e do Coala!

Bom…

Independente do nome, acredito que esse terceiro bebê de Zusak será tão marcante e surpreendente quanto os dois primeiros! E, além disso, só para deixar a galera com a pulga atrás da orelha, o autor australiano já anunciou que está  finalizando o seu próximo livro! Em breve, ele será lançado na Austrália sob o título de Bridge of Clay (Ponte de Barro) – informo, ainda, que essa obra também será publicado pela Intrínseca. (o problema é saber quando chegara em nossa terrinha. Ó ansiedade!)

A Garota que eu quero

Sinopse oferecida pela Intrínseca:

A garota que eu quero conta a história de Cameron Wolfe, o caçula de três irmãos e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e com uma garota nova a cada semana. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e ele gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele?

Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.



O Clube do Filme

 

 

Autor: David Gilmour

.

.

.

Se seu filho de 15 anos fosse um aluno problema, você o tiraria da escola? O colocaria em aulas de reforço e consultas com psicólogos? Afinal… O que você faria?

Normalmente, nenhum pai pensaria (de primeira) na alternativa que o crítico de cinema e escritor premiado, David Gilmour, pensou!

Gilmour realmente tirou o filho da escola, o garoto poderia sair da instituição – e ficar sem trabalhar e sem pagar aluguel – desde que assistisse semanalmente a três filmes escolhidos por ele, o pai.

A aposta diferente resultou em um  Clube do Filme: semana a semana, pai e filho viam e discutiam o melhor (e, ocasionalmente, o pior) do cinema.

Assim, mergulhamos nos pensamentos e sentimentos de pai e filho, as preocupações quanto ao futuro do garoto (Jesse), as aflições sobre sua carreira, as angústias de Jesse no campo amoroso e os paralelos que ele traça com os filmes que vai assistindo com Gilmour.

O Clube do Filme encanta pela história em si, mas tem um atrativo extra: os comentários sobre os filmes!

Assim sendo, os longas funcionam como um ponto de partida para discussões sobre a vida entre Gilmour e Jesse. Os outros personagens, embora secundários, são bem delineados pelo autor, que nos leva, por meio desta história, aos bastidores da carreira de um crítico de cinema nos dias de hoje.

David Gilmour prova, em sua obra, que os filmes podem assumir um papel muito importante em nossas vidas, assim como podemos analisar os filmes mesmo sem sermos críticos de cinema, pode-se aprender muito com eles apenas vendo-os e analisando cenas específicas, a fotografia, pontos de destaque em cada obra.

E não são apenas os clássicos que o autor mostra ao filho! Dos clássicos, passando pelos filmes de suspense, terror, romance, pela nouvelle vague, analisando filmes de Woody Allen e, ao mesmo tempo, não deixando de lado nem os filmes trash.

O Clube do Filme é aquele tipo de livro que não conseguimos largar antes do final. A escrita é carismática, a tradução é bem feita, o texto é de rápida leitura e não é maçante. Altamente recomendado!!

 

 

 

 



et cetera
Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por @Cardisplicente

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Festival

Weekly Film Festival in Toronto & Los Angeles. Weekly screenplay & story readings performed by professional actors.

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

Baú de Histórias

Em construção!

%d blogueiros gostam disto: