World Fabi Books











halloween_book

Olááá, vivos e desencarnados!

Como estão nossos queridos leitores e nossas adoradas leitoras nesse dia de festividades macabras?

O WorldFabiBooks preparou para vocês um Especial de Halloween com alguns livrinhos interessantes para lerem ou relerem nesse período sombrio!

Esperamos que gostem…

Uma boa pedida é sempre começar com escritores, cuja reputação é pautada em obras de terror e suspense, ou seja, com enredos sempre regados com loucura, sangue, criaturas sombrias e finais delirantes!

Portanto, seria interessante ler livros da fantástica…

Anne Rice

Anne_Rice1

E para orientá-los melhor, aqui estão algumas obras da escritora norte-americana:

  • Série Crônicas Vampirescas: Entrevista com o Vampiro; O Vampiro Lestat; A Rainha dos Condenados; A História do Ladrão de Corpos, Memnoch; O Vampiro Armand; Merrick; Sangue e Ouro; Fazenda Blackwood e Cântico de Sangue.
  • Série Novos Contos de Vampiros: Pandora e Vittorio, o Vampiro.
  • Série Bruxas Mayfair: A Hora das Bruxas I; A Hora das Bruxas II; Lasher e Taltos.
  • Série Songs of the Seraphim: Tempo dos Anjos e De Amor e Maldade.
  • Romances únicos: A Festa de Todos os Santos; Chore para o Céu; A Múmia ou Ramsés, o Maldito; O Servo dos Ossos e Violin
  • Conto: ela possui vários, mas, um que fez sucessinho por aqui foi o O Senhor de Rampling Gate, publicado no Brasil no livro “Os 13 Melhores Contos de Vampiros”, de Flávio Moreira da Costa.

E muitooooos outros títulos!! O que não faltam (ainda bem) são livros da Anne Rice por aí, prontinhos e totalmente disponíveis!!

O próximo da lista é um escritor mundialmente conhecido, que possui inúmeras obras de terror e suspense pelo mundo, sem mencionar filmes e seriados baseados em seus textos. Esse escritor já tirou o sono de muita gente e, portanto, nós altamente recomendamos que leiam qualquer livro dele, o macabro…

Stephen King

stephen-king1

E aqui vão algumas dicas de livros desse escritor norte-americano que vocês podem ler:

  • Ficção: Carrie, a Estranha;Salem; O Iluminado; A Dança da Morte; A Zona Morta; A Incendiária; Cão Raivoso; Christine; Cemitério Maldito;A Hora do Lobisomem; A Maldição; O Talismã (escrito com Peter Straub); A Coisa; Os Olhos do Dragão; Angústia; Os Estranhos; A Metade Negra; Trocas Macabras; Jogo Perigoso (ou o Jogo de Gerald); Eclipse Total; Insônia; Rose Madder; À Espera de um Milagre; Desespero; Saco de Ossos; A Tempestade do Século; O Apanhador de Sonhos; A Casa Negra (escrito com Peter Straub); Buick 8; O Rapaz do Colorado; Celular; LOVE: A História de Lisey; A Névoa; Duma Key; Sob a Redoma; Blockade Billy; 11/22/63; Joyland e Doctor Sleep.
  • Não ficção: Dança Macabra; Janela Secreta;Nightmares in the Sky: Gargoyles and Grotesques
  • Contos: Sombras da Noite; Quatro Estações; Tripulação de Esqueletos; Depois da Meia-noite; Pesadelos e Paisagens Noturnas I; Pesadelos e Paisagens Noturnas II; Six Stories; Corações na Atlântida; Tudo é Eventual e Ao Cair da Noite.
  • Serie A Torre Negra: O Pistoleiro; A Escolha dos Três; As Terras Devastadas; Mago e Vidro; Lobos de Calla; Canção de Susannah; A Torre Negra e O Vento pela Fechadura.
  • Sob o pseudônimo de Richard Bachman: A Auto-Estrada; O Concorrente; A Maldição do Cigano; Os Livros de Bachman; Justiceiros e Blaze.

E mais um monte de títulos pelo mundo, pois, o Stephen King é como uma máquina de escrever que está sempre ligada: tem sempre um texto novo saindo!

A seguir, vamos falar do incrível escritor responsável pelo aclamado Sandman e, mais recentemente, por O Oceano no Fim do Caminho, o formidável…

Neil Gaiman

neil-gaiman1

Algumas das obras que podemos indicar desse escritor norte-americano, são:

  • Romances e Contos: Good Omens; Lugar Nenhum; Fumaça e Espelhos; The Day I Swapped My Dad for Two Goldfish; Stardust; Deuses Americanos; Coraline; The Wolves in the Walls; Melinda; Os Filhos de Anansi; Coisas Frágeis I; Coisas Frágeis II; M is for Magic; InterWorld; Odd e os Gigantes de Gelo; The Dangerous Alphabet; Livro do Cemitério; Blueberry Girl; Crazy Hair; Instructions; Fortunately, the Milk; O Oceano no Fim do Caminho e The Silver Dream.
  • HQ’s: Sandman: Prelúdios e noturnos; Sandman: A casa de bonecas; Sandman: Terra dos sonhos; Sandman: Estação das brumas; Sandman: Espelhos distantes; Sandman: Um jogo de Você; Sandman: Convergência; Sandman: Vidas breves; Sandman: Fim dos mundos; Sandman: Entes queridos; Sandman: Despertar; Sandman: Exílio; Sandman: A tempestade (75); Sandman: Sonho de uma Noite de Verâo; Violent Cases; Orquídea Negra; Mr. Punch; Livros da Magia; Sandman: Os Caçadores de Sonhos; Morte: A Festa Em uma homenagem a Gaiman; Morte: O Preço da Vida A cada século; Morte: O Grande Momento da Vida; Capas na areia; Noites Sem Fim; A Lenda da Chama Verde e Mister Lo.

E além destes títulos, podemos encontrar muitos outros trabalhos de Neil Gaiman pelo mundo, desde livros e HQ’s, até seriados e filmes!

Agora, vamos dar dicas de obras de um escritor conterrâneo. Ele é um ótimo autor que já conquistou milhares de leitores pelo Brasil e, agora, também começou a ter uma legião de fãs fora de nossas fronteiras! Com vocês, o sanguinário…

 

André Vianco

andré-vianco1

As obras que vamos indicar deste escritor brasileiro, são:

  • Romances: O Senhor da Chuva; Os Sete; Sétimo; Sementes no Gelo; A Casa; Vampiro Rei I: Bento; Vampiro Rei II:A bruxa Tereza; Vampiro Rei III: Cantarzo; O Turno da Noite I: Os Filhos de Setimo; O Turno da Noite II: Revelações; O Turno da Noite III: O Livro de Jó; O Caminho do Poço das Lágrimas; O Caso Laura e A Noite Maldita – Crônicas do Fim do Mundo.
  • Graphic Novels:Vampiros do Rio Douro I; Vampiros do Rio Douro II e Turno da Noite: Escuridão Eterna.

Felizmente para nós, o André Vianco não pretende parar de escrever e, por isso, continuaremos a ver e ler suas obras por um bom tempo!

Há outro escritor, ou melhor, há outros dois escritores de nossas terras que está esperando para aparecer nesta lista! Eles já conquistaram milhares de fãs dentro e fora do Brasil e possuem uma forma bem singular e única de escrever. Lhes apresento o casal fantástico…

 

Raphael Draccon & Carolina Munhóz

raphael-draccon-e-carolina-munhoz

Os livros desses dois que nós vamos indicar (se preparem), são:

  • Draccon: Dragões de Éter: Caçadores de Bruxas; Dragões de Éter: Corações de Neve; Dragões de Éter: Círculos de Chuva; Fios de Prata: Recosntruindo Sandman e Espíritos de Gelo.
  • Munhóz: A Fada; O Inverno das Fadas e Feérica.

Apesar de nem todas as obras terem sua parte “sombria”, acreditamos que os livros de Raphael Draccon e Carolina Munhóz valha muito a pena ler, principalmente no halloween, quando a magia corre solta ao lado do terror!

E mais um escritor para encerrar nossa seção de autores deste post! Ele possui livros impressionantes, sendo que cada obra varia o tema, nunca o repetindo até o momento. Agora, vos falo sobre o inteligente…

 

Nelson Magrini

nelson-magrini

As obras que vocês precisam ler desse escritor, são:

  • Obras: Anjo – A Face do Mal; Anjo – A Face do Mal II: Ceifadores; Relâmpagos de Sangue; Os Guardiões do Tempo
  • Contos: Em Nome da Fé, na antologia Anjos Rebeldes; Isabella, na antologia Amor Vampiro.

E esse escritor não para de atuar e escrever, portanto, para nossa felicidade, não deixaremos de ver, por um bom tempo, Nelson Magrini em eventos e nas prateleiras!

.

.

.

 

Agora, para finalizar este post aterrorizante, deixamos para vocês uma grande, porém de coração, lista de livros para ler no Dia das Bruxas ou quando desejarem!! (nem todos os livros são assustadores, muitos são para aqueles “fracos de coração”, mas que amam magia e uma ótima leitura!!)

 

Lista de livros para o Halloween

halloween_livros



Quando o sol se põe e as trevas depositam sua ira sobre a face da Terra, seres sombrios despertam. Criaturas sobrenaturais como os vampiros espreitam pela noite, realizando suas caçadas sangrentas às escondidas. Mas, até mesmo no mundo proibido dos vampiros existe política, conflito e, principalmente, traição.

 

E é com esse enredo de terror que o escritor brasileiro, Juliano Sasseron, prende os leitores em uma trama cheia de sangue, magos, espíritos, vampiros, lobisomens e algo que gosto de chamar de “máfia das trevas”.

Você irá à loucura com as intrigas e batalhas que encontrará no livro e posso lhe assegurar que a ansiedade, exasperação e curiosidade vão lhe fazer companhia até o final da obra. Afinal, que história cheia de intrigas, segredos, brigas violentíssimas e trevas atrás de trevas, não promete muitas unhas quase roídas e olhos atentos a cada reviravolta?

 

Quando um vampiro se infiltra numa poderosa seita e descobre um valioso segredo, guardado desde a época da criação, tem início uma verdadeira guerra. Uma guerra que para se vencida necessitará de uma improvável união dos vampiros.Um verdadeiro universo até então obscuro, que cercava os seres humanos, vem à tona. Vampiros e Lobisomens existem ao nosso redor e esta batalha mudará a vida humana. São os sinais que precedem o fim dos tempos.

 

Quem nunca ficou a imaginar criaturas fantásticas vivendo sob o mesmo céu e pisando sobre a mesma terra que você? Ou que esperou poder ver, um dia, a tênue linha entre este mundo e os outros se romper, apenas para poder deslumbrar algo incrível?

O gostinho da novidade nos dá água na boca e, mesmo este livro sendo de 2008, ainda podemos ver o novo agindo com os segredos ocultos de um antigo mundo. Portanto, essa obra ainda possui a novidade em seu enredo, através da forma como Sasseron dá vida aos personagens e vai expondo ardilosamente a sua trama!

Não está consigo entender?

Pois bem! O que está esperando?

Corre ler e em breve entenderá!

123456-j

 

Sinopse do livro Crianças da Noite pela Editora Novo Século

Crianças da Noite é uma história de ação, mistério, aventura e suspense, com guerras entre vampiros e outros seres do oculto em cada página. O mundo proibido dos vampiros é uma rede de mentiras e trapaças, em busca de mais poder. Acordos são feitos a toda hora, mas é só virar as costas para ter o corpo atravessado por uma estaca e ser jogado aos lobos. Um vampiro traidor é descoberto infiltrado em uma poderosa seita e, já na primeira página, começa a caçada sangrenta. Em meio ao caos, uma antiga profecia vem à tona, desencadeando uma sequência de eventos que torna necessária uma improvável união entre alguns vampiros, para que se descubram os mistérios que falam sobre o Fim dos Tempos. Vampiros, Lobisomens, Magos, Espíritos. Um verdadeiro universo obscuro existe ao nosso redor.



{outubro 4, 2011}   Figuras da Literatura Brasileira

Olá, Leitores!

Bem vindos a mair um “Figuras da Literatura Brasileira”!!

Quem ainda não sabe como funciona, vou explicar rápidinho:

Esse post se tornou uma espécie de “coluna” aqui. Toda terça-feira estarei colocando uma entrevista com alguns escritores brasileiros!

Essas entrevistas se pautarão em cima dos mais variados temas, os quais serão escolhidos pelo próprio escritor.

Podemos discutir desde ficção até problemas políticos, sendo que o intuito é ajudá-los a conhecer melhor essas figuras de nossa literatura!

E não se esqueçam: qualquer dúvida ou sugestão, não hesitem em me dizer! Manifestem-se à vontade!

Então… Vamos para entrevista dessa semana?

Juliano Sasseron falando de Curta-metragens

 

 

 

Para quem ainda não conhece…

Engenheiro Agrônomo e também escritor, escreveu seu primeiro livro com apenas 18 anos.

Boêmio, adora fazer novas amizades e ter contato direto com os leitores.

É escritor de ficção especulativa e amante do cinema. Escreve livros de suspense e de fantasia.

Autor de Crianças da Noite, também participou como convidado especial de diversas antologias.

 

 

 

Entrevista:

 

1. Curta-metragem é um filme de até 15 minutos e mesmo assim, alguns chegam a encantar mais do que os de filmes de longa-metragem, com horas de duração. Por que você acha que isso acontece?

Fazendo um paralelo com a literatura, o curta é como o conto. Quando são bem executados, deixam o espectador (ou leitor) em êxtase.

Tudo depende dos realizadores estarem em harmonia e, juntos, trabalharem da melhor forma possível. O tempo de duração (ou a quantidade de páginas) não é mais importante do que a mensagem a ser passada.

 

2. O que mais lhe fascina dentro do mundo cinematográfico dos curtas?

Como o mundo do cinema é muito caro, a opção de se trabalhar com curtas acaba sendo interessante.

Poder transformar alguma ideia em um projeto audiovisual sem grandes investimentos é maravilhoso, sem falar que há vários festivais onde podemos apresentar o filme ou video.

 

3. Juliano, em ter­mos de roteiro, você acredita que possa ser muito complexa a estrutura de um curta? Você já produziu um?

Em termos de estrutura de roteiro, não há grande diferença em um curta e um longa, o que acontece é que no curta devemos ser precisos na mensagem.

Um exemplo que dizem é: Pense em uma luta de boxe. No longa ganhamos por pontos. No curta ganhamos por nocaute.

Tenho uma pequena experiência com curtas. Roteirizei, produzi e dirigi “ABISSAL”, um video experimental com ideias trash.

A história foi baseada em uma notícia desses jornais sensionalistas. A ideia era trabalhar bastante com a fotografia e a direção de arte.

O curta está disponível no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=-5f2B4yeyNo

 

 4. Quais os maiores e/ou os melhores festivais de curta, na sua opinião?

Vou listar alguns, mas não significa que são os melhores: Festival de Cinema de Gramado; Festival do Minuto; Fastival Paulínia de Cinema; Mostra de Cinema de Tiradentes; MOSCA; Festival SESC Melhores Filmes; Anima Mundi; CineFantasy; Animaldiçoados.

Citei apenas alguns, dentre eles estão festivais com projetos de alto-investimento e festivais que buscam incentivar a criatividade dos cineastas.

 

5. Quais os curtas que mais lhe agradaram?

Geralmente os vencedores do Prêmio Porta Curtas são ótimos. Gosto também daquelas histórias simples, porém bem executadas que nos fazem pensar “Pô, eu devia ter pensado em fazer isso”.

 

6. Você acredita que a internet por meio de site e, principalmente do YouTube, ajudou na maior “aceitação” dos curtas, tornando-os mais populares e aumentando o número de apreciadores, inclusive de autores?

Sem dúvida, a internet é ótima ferramenta para divulgação de toda forma. Mas, como sempre, é necessário garimpar até encontrar algo realmente bom.

 

7. Você já pensou em transformar alguma obra sua em curta-metragem?

Não. As pessoas também me perguntam se eu tenho interesse de levar ao cinema algum romance meu. A resposta é a mesma.

Isso não significa que eu não tenha interesse de ver meus livros virarem filmes, apenas não pretendo ser o diretor (ou produtor) deles. No máximo posso ajudar no roteiro e tal.

Gosto muito da Sétima Arte e tenho ideias para esse mundo, mas são histórias inéditas.

 

 



{setembro 6, 2011}   Figuras da Literatura Brasileira

Olá, leitores!

Somente retomando…

Esse post aparecerá no meu blog toda semana, entre terça e quinta-feira!

Aqui podemos discutir desde ficção até problemas políticos, sendo que o intuito é ajudá-los a conhecer melhor os escritores brasileiros!

E não se esqueçam: Manifestem-se à vontade!

Então… Vamos para entrevista dessa semana?

Juliano Sasseron falando de Literatura Fantástica

 

 

Engenheiro Agrônomo e também escritor, escreveu seu primeiro livro com apenas 18 anos.

Boêmio, adora fazer novas amizades e ter contato direto com os leitores.

É escritor de ficção especulativa e amante do cinema. Escreve livros de suspense e de fantasia.

Autor de Crianças da Noite, também participou como convidado especial de diversas antologias.

 

 

Entrevista:

1 . Juliano, percebe-se que você retrata bastante o mundo fantástico. De onde vem a sua inspiração para escrever obras assim?

Sempre usei a imaginação a meu favor. Desde tenra

idade acompanhava os desenhos que utilizavam o fantástico.

Depois conheci Maria José Dupré (A Montanha Encantada, A Mina de Ouro) e Pedro Bandeira (série d’Os Karas).

Acredito que através da ficção especulativa podemos “fugir” um pouco da realidade, mas isso não nos impede de usá-la como ferramenta para passar alguma idéia que seja proveitosa para a vida real.

2. E o que você poderia nos dizer sobre o livro “Crianças da Noite”?

Para isso vou pedir para que você relaxe e fique calma.

O mundo mudou! Você percebe isso? Olhe ao seu redor. Tudo é feito automaticamente como num círculo vicioso.

Pode parecer bobagem, mas essa é a regra do mundo em que a maioria das pessoas vive.

Não é filosofia barata, apenas gostaria de dizer-lhe: ACORDE!

O mundo é muito mais do que apenas essa cor cinza que vemos todos os dias.

Existe um verdadeiro universo por trás dessa cortina esfumaçada que ofusca nossos olhos. Existe magia e também aqueles que a utilizam: Vampiros, Lobisomens, Magos, Aparições…

O universo é muito maior do que pensamos.

3. Como é escrever sobre seres fantásticos e usá-los como seus  protagonistas principais?

É como ter á frente uma tela em branco, um pincel, uma boa paleta de cores e a vontade de rabiscar do jeito que quiser.

Criar personagens bem estruturados e que cativem os leitores é de suma importância. Pode construí-los ao bel prazer é delicioso. É um poder divino.

4. O que é preciso levar em conta no momento de se escrever um livro assim?

Dependendo que você queira passar para o leitor. Por exemplo, meu conto “Esplendor” no livro “Território V” brinca com o fantástico, no entanto a ideia é criticar a política.

Também podemos deixar a imaginação fluir e depois lapidar as ideias até que algo legal se concretize. O importante é ter disciplina.

Não tem fórmula certa, cada autor segue seu próprio instinto. Como diria Picasso: “Que a inspiração chegue não depende de mim. A única coisa que posso fazer é garantir que ela me encontre trabalhando.

5. Quais são os autores que mais o inspiram?

King, Tolkien e Gaiman. Verdadeiros gênios.

6. Na sua opinião, acredita que a literatura fantástica vem crescendo em volume e gosto no mercado editorial atual? Por quê?

Crescendo sim, mas ainda está (muito) longe de ser o preferido das editoras. Livros como a saga Harry Potter alavancou o gênero, mas ainda há preconceito com esse tipo de literatura. Não é uma escola literária nova, mas começa a ser mais conhecida agora.

7. Nota-se que a literatura fantástica possui certa preferência dos leitores, pois existem vários eventos focados somente nela como, por exemplo, o Fantasticon. Como são esses eventos? E você acredita que eles atraiam cada vez mais adeptos ao estilo?

Posso ser criticado ao dizer isso, mas não.

Pelo menos por enquanto esses eventos são voltados aos escritores (ou àqueles que almejam isso). Veja bem, os leitores comuns não frequentam esse tipo de “reunião”. Isso é mais restrito ao chamado Fandom.

Esses eventos são legais. Revemos amigos, conhecemos o pessoal que só conversamos pela net… Mas para por aí.

Raros são os leitores que vão nesses lugares. O leitor comum vai onde seu autor preferido está, mas não fica até o final para conhecer os outros. É uma questão complexa.

Mas acho muito válido o esforço dos organizadores, pois quem sabe um dia teremos maior visibilidade.

 

 



{agosto 2, 2011}   Um complemento da leitura

A internet, que às vezes é vista como inimiga pelos mais tradicionais, também pode ser uma grande aliada para quem gosta de ler e para aqueles que querem publicar livros.

Fabiane Zambelli de Pontes

Livros impressos e e-books… Muitos veem essa relação como uma “guerra” entre dois meios de literatura, que disputam espaço entre os leitores no mercado. Contudo, essa “guerra” também pode ser vista sob uma outra ótica. Para alguns, ela pode se tornar uma relação amigável, onde um se torna uma opção do outro.

Ao invés de abolir o livro convencional, a Internet acabou se tornando mais uma alternativa de leitura. E uma prova disso são os livros exibidos pela web e os novos e-books. Com isso, os escritores de hoje em dia conseguem ver a internet como uma escolha a mais para publicar suas obras.

Muitos procuram por editoras virtuais para divulgar os livros e outros também se aproveitam de outros recursos, como blogs e sites para mostrar o próprio trabalho e atrair os leitores.

André Vianco em sessão de autógrafosO escritor brasileiro, André Vianco (na fotografia à direita), é um dos que utilizam a Internet ao seu favor. Ele possui um site próprio, onde os interessados podem entrar para saber mais sobre suas obras, se informar sobre eventos que ele participará e conhecer melhor o próprio autor.

“Olha, eu uso muito a internet ao meu favor. Tenho um site onde mostro meus trabalhos e, além dele, tenho comunidades e um perfil no orkut, estou no twitter e até utilizo o msn. Eu vejo tudo isso como uma forma de me aproximar mais de meus fãs. E você dando atenção aos leitores, isso automaticamente se converte em divulgação de mim mesmo como autor e também de  minhas obras. Portanto, a internet é muito útil neste ponto. Fica mais fácil de se aproximar dos meus leitores e fazer amizade com eles e, ao mesmo tempo, de montar uma publicidade em instantes que pode atingir milhares de fãs.”

juliano

E a web não se torna aliada apenas de quem já está no mercado editorial há bastante tempo.  São muitos  os novos  escritores que também veem a internet como uma ajudinha a mais na hora de publicar livros. Esse é o caso do novato no ramo de livros, Juliano Sasseron (na fotografia à esquerda).

“Na internet eu posso publicar obras minhas, divulgar a que eu já consegui lançar e conversar com alguns leitores e convidar amigos a lerem meus livros. Na internet eu posso fazer uma boa divulgação e publicidade do meu trabalho e ver o nível de aceitação dos leitores, assim, eu posso saber onde melhorar e o que não mudar. Ajuda a aprimorar minhas obras”

nelson3

E o escritor, Nelson Magrini (na fotografia à direita), ressalta que quem deveria se preocupar com o avanço da internet não deveriam ser os escritores que ainda a veem como uma ajuda, mas sim, as editoras e livrarias.

“Ao meu ver, não são exatamente nós quem deveríamos nos preocupar tanto. Afinal, os escritores produzem as obras e agora, usam a internet para divulgá-las e públicá-las. Quem deveria se preocupar seriam as editoras e as livrarias! Já que, mesmo que os escritores fossem atingidos, no futuro, por uma pirataria muito grande de livros, mesmo assim, os maiores lesados seriam elas.”

Contudo,  muitas são as editoras que não apoiam essa visão do escritor. Mas, que também  veem a web como alternativa e se aproveitam deste recurso para facilitar e agilizar o trabalho de publicação.

Além disso, a jornalista Cyntia Belgini, que está há oito anos trabalhando no mercado editorial, aconselha os escritores no ramo editorial e dá dicas de como utilizar a internet ao seu favor, principalmente quando se está começando no ramo:

“Primeira coisa, reserva um dia para consultar na net algo que ajude na sua publicação e, se precisar, liga para as editoras, perguntando com qual linha editorial elas trabalham… A segunda dica é simples: dê ao texto uma unidade. E a terceira dica é:  se você confia mesmo  em seu trabalho, mas ele já foi recusado por algumas editoras, o coloque na net!  Existem várias formas de divulgá-lo na web hoje em dia: twitter, orkut, blogs…  E outras ferramentas  que você pode encontrar na net. Tem também o google books, onde você pode fazer uma bela divulgação de sua obra e ter um retorno interessante”.

Direitos autorais sobre as próprias obras todos têm, no entanto, será que haverá um controle sobre quem consegue baixar livros pela internet? Somente com o tempo para saber. Contudo, no momento, sabe-se que a internet não representa um perigo para os “novos e velhos” no mercado editorial.

ebook

E para quem acredita que a internet pode prejudicar o mercado editorial dos livros impressos, pode ir conferir a matéria do quanto a internet pode ser perigosa: http://redatoronline.wordpress.com/2009/11/15/livros-na-web/

(matéria feita em 2009)



et cetera
Amor literário

Resenhas de Livros

Devaneios da Lua

Sobre tudo e ao mesmo tempo nada

Crônicas da Gaveta

Relatos amadores por @Cardisplicente

Sara M. Adelino

Tradutora. Revisora. Redatora.

WILDsound Festival

Weekly Film Festival in Toronto & Los Angeles. Weekly screenplay & story readings performed by professional actors.

Destino Feliz

Seu Blog de Viagens, Roteiros e Experiências

dmaimalopes

A great WordPress.com site

delenaalways

A fine WordPress.com site

evilking.wordpress.com/

Comic Book and related work by Danilo Beyruth

ibooksney

EM ANDAMENTO

My Broken Throat

Até que o medo se desfaça... Um engano do destino

nicoleravinos

"Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado"

Action Nerds

Bonecos, tirinhas e nerdices. Aqui você encontra tudo isso!

%d blogueiros gostam disto: